Monday, January 02, 2006

healthINOVA

.
Uma provocação:

quanto ao "marcador" colesterol HDL
- Não será a sua importância DECISIVA para certas "doenças psiquiátricas" ?
- e ... fundamental ou mesmo capital na doença de Alzheimer ?
- PORQUE, a grande maioria dos doentes portadores de quadros depressivos crónicos e endógenos, demências, nomeadamente vasculares e, doença de Alzheimer
apresentam invariávelmente valores de cHDL muito baixo (<<<60) ...!!!
.
.
por uma nova maneira de estar com a saúde

...
..
.
.

17 comments:

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

Estamos a dar o nosso humilde contributo ... na preparação do atendimento médico no futuro próximo ....
Estamos abertos e disponiveis, para receber todos os contributos de boa vontade, no sentido de prepararmos um produto final à medida das exigências que os doentes merecem.
Desde já os nossos agradecimentos.

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

Estamos em crer, que as Unidades de Saúde Familiar (USF), que o governo se prepara para lançar ... não são a verdadeira solução ... constituem, isso sim, mais um remendo num serviço em plena desagregação, disfunçional e desigual porque não permite igualdade de acesso de todos os médicos à prestação de cuidados de saúde aos doentes. por outro lado, o actual sistema continua a permitir e ... até estimula ... vicios das promiscuidades - criando enormes injustiças - de funcionários públicos e pretadores privados simultâneamente.
PERMITA-SE O LIVRE ACESSO DOS MÉDICOS A PRESTAÇÃO DE CUIDADOS DE SAÚDE AOS DOENTES, com equidade, qualidade, justiça e sem desperdicios. só a concorrência, ética, sã e leal, garante melhoria da qualidade.

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

Sabia que, o Prémio Nobel da Medicina 2005 foi atribuido a Médicos investigadores que, há mais de 20 anos (?!!) tinham descoberto o micróbio - HELICOBACTER PILORY - que provoca lesões graves no estomago e ... até muito provavelmente está ligado também ao cancro do estomago ..?!!! A justiça e o reconhecimento tarda mas acontece ... por vezes!!

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

Afinal, parece que sempre se conseguiu identificar alguma das ligações e meios genéticos na "propagação" da diabetes do adulto (Tipo II).
Tal noticia a ser confirmada será um passo de grande relevo para o tratamento da doença que afecta mais de 500.000 portugueses ....

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

Sabia que, as DOENÇAS CARDIOVASCULARES - no coração, nos vasos sanguineos, na tensão arterial, no cérebro,nos rins ... - aquelas que estão ligadas, ao colesterol (mau, bom, geral...), aos triglicerideos, ao àcido úrico,ao sedentarismo e falta de exercicio físico ... são doenças que afectam quase 50% da população do mundo ocidental (Europa e Estados Unidos) e, que já são uma das mais importantes causas de morte ... na China ..?!!

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

Com a introdução da INSULINA INALADA no mercado dos medicamentos, já autorizada pela FDA nos Estados Unidos, criou-se mais uma opção terapêutica para os doentes com DIABETES MELLITUS TIPO I.
Mas, será fundamental, para o doente e familiares, NUNCA ESQUECER QUE CONTINUA A SER PRIMORDIAL O CONTROLO ADEQUADO DA ALIMENTAÇÃO, considerando sempre o modo e perfil de actuação desta nova insulina humana recombinada (rDNA). Óbviamente que, todas as "actividades indutoras de saúde" - exercicio fisico, combate do sedentarismo etc. também têm de ser reconsideradas e reavalidas em função desta nova realidade.
Convém aqui alertar que, os doentes diabéticos tipo I que também tenham doenças do foro respiratório, não devem de momento iniciar esta insulina, sem que devidamente avalizados pelo Médico Diabetologista assistente

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

INOVAÇÃO em saúde, é PROXIMIDADE,DISPONIBILIDADE e DEDICAÇÃO ao doente, num combate sem tréguas contra a doença.

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

COLESTEROL

- Aquela gordura do sangue (não a única) que se conhece mais directamente relaccionada com as doenças cardiovasculares (como os vasos sanguineos, coração, cérebro), determinadas "depressões" e, certas doenças do metabolismo em que a principal, é a diabetes mellitus, entre outras doenças.

- Há vários tipos de colesterol (conhecidos por fracções) em que se destacam o colesterol BOM (colesterol HDL) fundamental para a protecção dos vasos e para a regulação vital do metabolismo corporal (daí que seja importante o tratamento no sentido de fazer ELEVAR os seus valores, que NUNCA deveriam ser inferiores a 60) e, o colesterol MAU (Colesterol LDL) intimamente ligado às doenças cardiovasculares graves como tromboses, cerebrais, das artérias e das veias, demências (perda de memória e do conhecimento), enfartes do miocárdio (enfartes do coração)etc. nunca devendo o seu valor no sangue ser superior a 90.

- Se, o colesterol MAU elevado é muito grave, pior ainda é se o BOM simultâneamente também estiver baixo (falta a protecção vascular e metabólica).

Mas, será importante referir, que se o colesterol bom estiver com valores inferiores a 60, tal facto por si só, já constitui desde logo um factor de risco cardiovascular grave, que normalmente está ligado também a factores genéticos do individuo (heranças de familiares directos pai, mãe...) e, em que o tratamento é substancialmente dificultado porque "é uma estrutura" do próprio individuo.


- Para se fazer subir o colesterol bom, há uns medicamentos que se chamam ESTATINAS, das quais há vários tipos com "potência e eficácia" variável, dependendo dos objctivos que o Médico Especialista pretende atingir receitará em conformidade.
Mas convém recordar, que a alimentação, tal como a qualidade da sua confecção é fundamental, assim como, o controlo do peso e, marcha regular e diária.

Para o colesterol mau, as estatinas são bons remédios para o reduzir e, deverá ser receitada de acordo com a avaliação clinica global realizada pelo Médico Especialista.

- Outros medicamentos muito usados e que também têm eficácia importante são, entre outros, os FIBRATOS, a NIACINA, etc. que, poderão ser usados isoladamente ou até mesmo em associação com determinados e rigorosos cuidados.

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

SAÚDE

Cuida-se como um bem, como um tesouro, porque, depois de se perder jámais se recupera.
Nós Médicos, sómente tentamos e tudo fazemos, no sentido de evitar a sua evolução rápida e de ajudar o doente a usufruir de uma melhor qualidade de vida... com esperança.

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

PSIQUIATRIA - qual o papel das HDL?

Porque será que a generalidade dos doentes deprimidos apresentam valores de HDL (colesterol bom) muito reduzidos ?!

Aparentemente, no quadro clinico depressivo, para além de uma importante e não negligênciável componente de ordem genética, tambám existirá uma componente metabólica com repercussões nesta fracção do colesterol que certamente será um importante "marcador" a considerar enquanto causa e/ou consequência inerente ao quadro...

Outra curiosidade que vamos constatando na nossa prática clínica, é que os doentes de Alzheimer apresentam na sua generalidade valores séricos reduzidos de HDL ....

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

COLESTEROL

- Considerações fundamentais na ponderação para tratamento com medicamentos:

1) Se não conseguir alterar o seu estilo de vida para um modelo adequado - a) Alimentação de qualidade e na quantidade adequada à sua actividade fisica, b) Cumprimento das regras fundamentais de higiene alimentar (sem frituras, sem gorduras saturadas, meio sal, alimentos cozidos ou grelhados - na grelha ou na brasa e nunca na chapa - , sem açucar, sem abusos no pão, cereais, leguminosas e "farináceos", sem sopa devendo os legumes e as hortaliças ser usados na preparação do prato, ingestão adequada de água de preferência no intervalo das refeições, horários de refeições ajustados, ..., c) Repouso, d) Actividade fisíca regular e adequada, e) Consumo muito moderado de alcool, f) Não fumar.

2) Idade: Homem com mais de 45 anos, Mulher com mais de 55 anos,

3) História familiar de doenças cardiovasculares: a) Hipertensão (tensão arterial > 130/86 mmHg em mais de duas medições), b) Colesterol (Total>190 mg/dl, LDL (mau) >90 mg/dl, CHDL (bom) <60 mg/dl e CVLDL > 14 mg/dl, c) Triglicerideos (>130 mg/dl), d) Enfarte do miocárdio nos familiares directos (sejam ascendentes ou descendentes), e)Doença coronária, f) Angina de peito, g) Consumo de tabaco, h) Excessivo consumo de alcool, I) Sedentarismo, j) Diabetes,

CURIOSIDADES PARA REFLETIR:

UMA - Sabia que 99.9 milhões de Americanos adultos têm valores de colesterol total > 200 mg/dl?

- Destes, há os de RISCO VASCULAR MUITO ELEVADO, que são todos aqueles 34.5 milhões que apresentam valores superiores a 240 mg/dl...

Esta situação, é em tudo muito idêntica aos valores encontrados nos cidadãos da União Europeia ...

DOIS - Sabia que os remédios usados no tratamento do "colesterol" SÃO TODOS DIFERENTES em vários parâmetros: seja na qualidade, seja na "potência", seja na eficácia e fundamentalmente, nos efeitos laterais que podem causar? Por isso, deverá consultar e aconselhar-se sempre no seu Médico Especialista de Metabolismo e Doenças Cardiovbasculares que o deverá esclarecer e consigo planear um adequado programa de acompanhamento...

TRÊS - Sabia que os "remédios do colesterol" foram fundamentais e, que são dos principais responsáveis, pelo espectacular aumento da esperança e qualidade de vida que se verificou nas população nos ultimos anos ??...

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

ILETRACIA - uma epidemia silenciosa

- de acordo com a edição recente do conceituado quanto insuspeito NEW ENGLAND JOURNAL of MEDICINE os doentes com ILETRÁCIA, estão mais sujeitos a falhar as medicações e orientações médicas instituídas, tal como, a condicionar o seu futuro sendo maior a incidência nestes doentes de Diabetes e de Insuficiência cardíaca.

Aqui é relevada a insubstituivel importância da relacção Médico / Doente, que deverá ser ajustada considerando a condição sócio - económica - cultural do individuo doente, assim como, a importância dos métodos e meios mais adequados para uma comunicação que seja efectiva e útil a esta relacção.

No mesmo artigo são apresentados dados oficiais provenientes dos EUA / USA segundo os quais 14% dos americanos têm menos do que o ensino básico, 13% têm curso médio / superior e a restante população (73%) fica situada entre estes dois parâmetros !! ... muito elucidativo para o país mais poderoso do mundo ...!!!

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

REALIZAÇÃO na PRÁTICA MÉDICA

Combate sem tréguas e sem cedências perante a doença e todos os estados debilitantes.

- sómente com:

EMOÇÃO - DISPONIBILIDADE - COMPETÊNCIAS - INOVAÇÃO

...estes, são os princípios fundamentais inerentes à nossa actividade, que orientam os nossos serviços e os nossos objectivos profissionais na aplicação e realização da ARTE.

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

INTERRUPÇÃO VOLUNTÁRIA da GRAVIDEZ (IVG) - ABORTO

- Considerando, o grave problema de saúde pública que representa o elevadíssimo número de mulheres (revista médica Lancet de 31Out006) que colocam em causa a sua vida, consequência de práticas abortivas sem as condições assistênciais minimas (... mas altamente rentáveis para "curiosos" oportunistas ...)pensamos que a prestação de cuidados de saúde também deverá evoluir no sentido de dar as respostas que este grave problema de saúde pública coloca.

-Porque seguimos a religião Cristã e somos Católicos, também por isso, defendemos a DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO /IVG, o que não quer dizer minimamente que sejamos a favor ou que defendamos a liberalização do aborto. Isto, porque, tal prática a realizar-se, terá de ser e é sempre julgada e ponderada pela consciência de cada um dos intervenientes, sendo dispensável e inadmissível todo o folclore publicitário com exposições execráveis que tem vindo a envolver julgamentos recentes.

Ninguém pode ficar preso a mais nada do que a sua própria consciência porque ...até dorme(?) com ela. Então, para quê a cadeia ...e a abominável exsposição pública de pessoas ... muitas vezes de quem já está em grande sofrimento ??!!

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

CADA CRIANÇA

- também tem o supremo e inalienável direito de ser DESEJADA

Clínica DR.MEIRELES-BRANDÃO said...

DIABETES - Epidemia séc XXI

1 - Segundo dados recentes anunciados pela IFD (Federação Internacional de Diabetes) a epidemia alastra a nivel planetário, de uma maneira completamente descontrolada atingindo actualmente 246 milhões de pessoas.

2 - A faixa etária mais atingida pela Diabetes Tipo II - diabetes do adulto (??!!)- entre os 40 e os 59 anos representa 46% do total dos doentes.

3 - Nos próximos 20 anos, prevê-se que o numero de pessoas afectadas pela DIABETES, atinja o valor de 380 milhões de pessoas, com todas as graves consequências económicas e sociais que estas cifras representam para o desenvolvimento económico sustentado.

4 - Afecta actualmente 5,9% da população mundial, estando os países em desenvolvimento (com 80% dos casos) a contribuir com cifras, até há bem pouco tempo inimagináveis (ocupam 7 dos 10 primeiros lugares).

A titulo de curiosidade, veja-se que, por exemplo, na União Europeia existem 55 milhões de diabéticos, na India 40,9 milhões e na China 39,8 milhões. É, claramente, uma epidemia que percorre todo o planeta contribuindo os países em desenvolvimento com importantes valores para se atingir estas cifras.

5 - Relaciona-se a evolução desta epidemia, com o modo de vida moderno, com a alimentação pobre em fibras e com o sedentarismo ...para além dos óbvios factores genéticos da diabetes tipo II ...Mas, será que é sómente isto..??!! Sendo certo vulgarmente aceite, que normalmente, o Diabético Adulto - Tipo II - por regra é hiperinsulinémico (isto é, produz excesso de insulina que não "funciona" de modo adequado...) e que, normalmente é obeso. Mas, também é certo, que é cada vez mais frequente, o Diabético Tipo II (???!!) com baixa / deficiente produção de insulina, frequentemente com baixa estatura, com peso adequado ou mesmo deficiente (IMC normal) ...sendo, nestes doentes, muito mais facilitado o controlo e compensação adequados da doença, verificando-se um muito menor atingimento dos orgãos alvo.

Tudo isto, para lembrar, que relativamente a esta doença, ainda há um grande caminho a percorrer seja na investigação, como também no que respeita aos (des)conhecimentos sobre as suas implicações fisiopatológicas e, consequentes repercussões no tratamento, morbilidade, mortalidade e, profilaxia da doença.

Contudo, estamos certos, que as politicas de saúde e de investigação dos diferentes governos no mundo, não estão suficientemente sensibilizadas para esta epidemia, que foi comunmente relaccionada com a "abundância" ....e, foram-se dirigindo os meios e os recursos focalizando-os em perspectivas muito mais restritas e pouco ambiciosas porque limitadas, como seja e muito bem no intenso combate ao SIDA/HIV ... mas, incompreensivelmente, com cedência do flanco, entre outras à diabetes, como também às doenças cardiovasculares e, às doenças osteoarticulares, com repercussões económicas e socias incalculáveis.

Por outro lado, a associação intima, entre outros, "na fisiopatológia e metabolismo do endotélio" entre as doenças cardiovasculares e a diabetes, são motivo de grande e muito intensa reflexão que urge avançar.

CM-B.Clinical service said...

Um novo paradigma na saúde:
- JUPITER - a importância do colesterol "bom" ....!
A CONFIRMAÇÃO de um novo paradigma na abordagem do COLESTEROL...!

"Jupiter" foi a designação escolhida pelos cientistas e investigadores que estudaram as novas aplicações e repercussões dos "remédios que tratam o colesterol".

Neste estudo, o último realizado em mais de 18.000 doentes, publicado há cerca de 2 semanas, veio a confirmar-se que, muito mais importante do que baixar o "colesterol geral" - Colesterol Total, será decisivo e da maior relevância o tratamento adequado do colesterol bom (CHL) com o(s) remédio(s) mais adequado(s) à situação do doente que temos em mãos, considerando, quer a situação clínica actual do doente, os seus antecedentes familiares e pessoais, o seu modo de vida, hábitos (tabágicos, alcool, alimentares, sedentarismo, actividade fisica, profissão, ...)!

Tudo isto, era uma evidência clínica objectiva que temos vindo a constatar desde há vários anos (mais de 20 anos de prática clínica) na nossa prática clínica diária e, da qual temos vindo a dar conta na web nomeadamente em http://healthinova.blogspot.com/2006/01/healthinova.html!

Ainda bem, que se confirmam as nossas posições e as nossas constatações clínicas, quer enquanto Médico Especialista desta área Médica mas também, enquanto cidadão preocupado com o bem social e com a qualidade de vida, para a cada vez maior longevidade com que a BOA PRÁTICA MÉDICA nos tem vindo a agraciar...!

Há um novo PARADIGMA na ARTE MÉDICA para abordagem do METABOLISMO do COLESTEROL e do ENDOTÉLIO que, terá forçosamente, de ser apreendido e compreendido, quer pelos chamados "cuidados primários de saúde" - CSP, como também pelos gestores da coisa pública e da saúde e bem estar dos cidadãos.